quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Farmacêutica Falando #MitoseVerdades #SucoDetox

Mitos x Verdades

Bom dia pessoal, tudo bom? Toda quarta é dia de dicas de saúde e hoje venho falar de um assunto que algumas de vocês pediram que eu mostrasse aqui, os mitos e verdades sobre Sucos Detox. Eu não sou nutricionista, sou farmacêutica e tenho conhecimento nessa área de alimentos, mas nada melhor que uma nutricionista para falar sobre isso, ok?

Bom, tenho certeza que muitas de vocês já ouviram falar nos sucos detox, não é mesmo? Só se fala nisso nas redes sociais e no mundo da dieta. O assunto está na tv, na escola e em casa. Mas você sabe realmente o que é detox? Tem vontade de fazer? Faz, mas não sabe bem o que é? Eu pesquisei bastante e vou tirar muitas dúvidas de todas vocês, vamos conferir?


O que é Detox?

É um processo do organismo visando à eliminação de determinadas toxinas. Nesse processo, essas substâncias que não são facilmente excretadas, sofrem alterações na sua estrutura química, que possibilitam sua eliminação do organismo através das fezes ou urina.

Quando ela é indicada?

A detox é indicada para pessoas que mantêm um estilo de vida com grande consumo de alimentos industrializados, açúcares, excesso de alimentos com alto teor de gorduras saturadas e trans, uso abusivo de bebidas alcoólicas. Pessoas submetidas ao estresse, poluição e tabagismo também necessitam de detox. Isso porque essas substâncias tornam-se tóxicas quando entram em contato com o organismo, modificam e bloqueiam reações que podem causar diversas complicações. Estudos relacionam a ingestão de toxinas com o desenvolvimento de doenças autoimunes, câncer, diabetes, infertilidade e problemas na tireoide.

Por que dizem que o detox “faxina o organismo”? 

Porque através dela são eliminadas substâncias tóxicas ao organismo, causando uma “limpeza” mesmo.

Qualquer pessoa pode fazer? 

Não, a dieta detox deve ser feita após avaliação de nutricionista, que irá verificar se a pessoa tem necessidade de fazer o tratamento e se há alguma contraindicação. A dieta é contraindicada para gestantes e mulheres que estejam amamentando, por exemplo.

Como se constitui um cardápio detox? 

É preciso retirar anti-nutrientes da dieta como: gorduras trans, farinha branca, açúcar, cafeína, corantes, aromatizantes, preservantes, glutamato monossódico e adoçantes artificiais. São retirados também alimentos com potencial alergênico elevado como leite, laticínios, soja, glúten, bem como os com grandes quantidades de aditivos químicos (industrializados, enlatados, embutidos; carnes assadas no carvão, bebidas alcoólicas, sucos industrializados e refrigerantes.

E o que se pode comer?

O plano alimentar de desintoxicação é dividido nas etapas A e B. É composto por frutas, legumes e verduras orgânicos, leguminosas, cereais integrais, chás, oleaginosas, ovo caipira, certos tipos de peixe e óleos extra virgem, oleaginosas, arroz integral cateto. O nutricionista irá elaborar o cardápio para cada fase e orientar como será realizado.

E o famoso suco verde?

Ele deve fazer parte do cardápio, pois nele há nutrientes e antioxidantes que ajudam na eliminação de toxinas. O ideal é que seja consumido em jejum, quando a absorção e aproveitamento dos nutrientes do suco é melhor.

Existem outros tipos de suco detox?

Podem ser feitos com frutas vermelhas, com chá de hibiscos ou acrescentar, além das folhas verdes (couve, espinafre, agrião, hortelã, salsa), frutas como a melancia e o abacaxi. Vale também gengibre, castanha do Brasil, farinha de banana verde, chá verde ou chá branco.

Posso turbinar meu detox com outros produtos?

Cápsulas de Chlorella, chá verde, chá branco, chá de hibiscos, suplemento probiótico, farinha de banana verde, batata yacon, semente de abóbora, suco de frutas vermelhas (cranberry, suco de uva integral, blueberry, romã) são boas opções.

Me sinto fraca quando faço a detox. Por que isso acontece?
Quando a dieta detox é feita sem acompanhamento de nutricionista, podem ocorrer deficiências nutricionais. Por isso, além do cardápio, a suplementação alimentar é necessária, contendo diversas vitaminas, minerais, aminoácidos e outros compostos. Por isso, além do cardápio, é necessária a prescrição de suplementos de vitaminas, minerais e aminoácidos.


A DIETA DETOX

Folhas
Verdes escuras, pois são fontes de clorofila, um antioxidante que auxilia na eliminação de toxinas de nosso organismo. Boas opções são: couve, mostarda, folhas de brócolis, espinafre, agrião.

Frutas
As orgânicas são ricas em vitaminas, minerais e substancias de ação antioxidante que auxiliam no combate aos radicais livres e potencializam a eliminação de toxinas de nosso organismo.

Legumes
Preferir a versão orgânica que não contem agrotóxicos. São fontes de vitaminas e minerais que auxiliam no trabalho do fígado para promover a eliminação de toxinas.
Grãos
Integrais como o arroz integral cateto, a quinua e o amaranto são fontes de fibras que auxiliam na regularização do funcionamento intestinal. Possuem em sua composição as vitaminas do complexo B que também auxiliam na eliminação de toxinas do organismo.

Ervas
Alguns chás podem auxiliar no processo de detox, pois possuem ação diurética e potencializam a eliminação de toxinas, como chá verde e chá branco. Alguns temperos como o alecrim e a salsinha também auxiliam.

Brotos e sementes germinadas
A germinação digere previamente o alimento, já que quebra o amido concentrado em carboidratos simples e a proteína em aminoácidos livres. Assim, nossas enzimas digestivas não tem um trabalho árduo para digerir. São alimentos mais prontos para serem aproveitados pelo organismo. No processo de germinação, a semente absorve água e incha até o dobro do seu tamanho original, assim como o conteúdo nutricional dobra. Desta forma observamos maior quantidade de proteínas, vitaminas e minerais. A proteína é de mais fácil absorção, portanto a assimilação fica favorecida. A germinação também favorece a redução de fatores antinutricionais o que facilita a digestão. Nos alimentos germinados temos maior teor de proteínas, vitaminas e minerais, que auxiliam no trabalho do fígado na hora de eliminar as toxinas.

Oleaginosas
Fontes de antioxidantes, vitaminas e gorduras insaturadas que irão auxiliar na detox.

Espero muito ter tirado algumas dúvidas de vocês, mas o melhor mesmo é procurar um nutricionista para começar a tomar esses sucos, ok? Qualquer dúvida deixem nos comentários!

Um super beijo e fiquem com Deus.